VANT – Veículo Aéreo Não Tripulado

 

VANT

Veículo Aéreo Não Tripulado

A Sensormap traz para o mercado todo o seu conhecimento em integração de sensores, fotogrametria e mapeamento de alta precisão para o mundo dos VANTs (Veículo Aéreo Não Tripulado), ou popularmente conhecidos como drones.

Em uma parceria exclusiva no Brasil com a empresa portuguesa UAVision, a Sensormap oferece drones e sensores para diversos tipos de coleta de dados. São oferecidas plataformas comerciais já consolidadas no mercado e possibilidades de customização. Os produtos customizados são oferecidos de acordo com as necessidades do cliente, desenvolvidos por equipe qualificada.

Em nossa parceria, a UAVision é a responsável pelo desenvolvimento e fabricação das plataformas e sensores, a Sensormap realiza a integração destes sensores e softwares e é a responsável por todo o suporte em território brasileiro.

 
 

Diferenciais da Sensormap

  • Sistemas customizados para diferentes aplicações
  • Equipe especializada e conceituada em fotogrametria, calibração de câmaras e integração de sensores
  • Consultoria, suporte e assistência técnica para seus clientes
  • Sistema fotogramétrico SAAPI-v (Aplicações de Mapeamento)
     

    Conheça os nossos Modelos de Vant

    Perguntas frequentes

    Qual a diferença entre VANT, Drone, Aeromodelo e ARP?

    "Drone" é uma terminologia utilizada pela imprensa, oriunda do inglês, cujo significado é "zangão", em virtude do ruído emitido durante sua operação. Na verdade se refere a mesma coisa que VANT (Veículo Aéreo Não Tripulado).

    O VANT, que é uma aeronave com carga útil embarcada e operada sem a presença de operador a bordo, difere do Aeromodelo pela sua aplicação. O VANT se refere à uso comercial, enquanto o aeromodelo é utilizado basicamente para fins de recreação ou de competição.

    Já o termo ARP - Aeronave Remotamente Pilotada (ou em inglês RPA – Remotely Piloted Aircraft) se refere à uma aeronave do tipo VANT onde existe um piloto remoto responsável pela operação segura da aeronave.

    Existe regulamentação sobre os drones no Brasil?

    O Brasil passa, por meio de seus órgãos competentes, por uma formulação de uma legislação completa para a operação com drones no Brasil.

    Atualmente há instruções de uso do espaço aéreo e orientações para a emissão de certificados de voos experimentais (CAVE), exclusivos para propósitos de pesquisa e treinamentos de tripulações.

    Para maiores informações pode-se acessar a página da ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) na internet sobre o assunto: http://www2.anac.gov.br/rpas/

    É possível fazer trabalhos de Fotogrametria ou mapeamento de precisão com VANT?

    A resposta é sim, mas com muita atenção e critérios na seleção dos equipamentos, softwares e métodos. Neste caso recomendamos ler o artigo abaixo que esclarece este assunto: Fotogrametria a bordo do VANT

    Quais as vantagens dos multi-rotores?

    O VANT do tipo multi-rotor possui como principal vantagem a característica de pouso e decolagem verticais, evitando a necessidade de catapultas, pistas ou áreas livres em matas. Esta característica possibilita a operação em áreas acidentadas, vegetação alta e de difícil acesso. Além disso, possibilitam um voo mais estável, com maior controle de vento e o uso em aplicações que necessitam de paradas da aeronave no ar, como em inspeções de obras de engenharia e torres de energia elétrica.

    Qual a importância da manutenção preventiva do VANT?

    O VANT, assim como qualquer equipamento que possui partes mecânicas e eletrônicas, tem degaste de peças com o uso ao longo do tempo. O grau de desgaste está diretamente relacionado ao cuidado e condições ambientais de uso do equipamento. Por isso, é recomendável revisões periódicas do equipamento com profissionais capacitados, de forma a manter ao máximo a operação segura do equipamento e não ser surpreendidos durante a execução dos projetos. É o mesmo conceito que se aplica aos automóveis. Por isso, fique atento a isso na hora de comprar o seu equipamento!